quarta-feira, 23 de julho de 2008

Dos Pioneiros aos Campeões Mundiais

video

II TAÇA CIDADE JOÃO PESSOA DE HANDEBOL DE AREIA

Nos próximos dias 16 e 17 de agosto, no Busto Tamandaré, será realizada a II Taça Cidade João Pessoa de Handebol de Areia. A competição, um sucesso no ano passado, terá três categorias (infantil, juvenil e adulto), nos dois naipes (feminino e masculino). A inscrição custa R$ 100,00 e deve ser confirmada até 10 de agosto com Sílvio ou Rossana. Essa é a primeira competição após o II Mundial da Espanha, e contará com vários atletas da seleção brasileira. Também estarão presentes o árbitro internacional Silvio Lago e a auxiliar técnica da seleção feminina professora Rossana Coeli.
Participem!!!!!

domingo, 20 de julho de 2008

Cyrillo Avelino Atleta do Brasil

O que poderei dizer dessa equipe.... Uma coisa tenho certeza, é uma família , um grupo muito unido que se espelha nas primeiras seleções de beach, que sempre jogaram com alegria e entusiasmo, enchendo de orgulho a nação brasileira. Hoje somos nós que temos a responsabilidade de manter esse exemplo de amor ao esporte. O resultado é importante sim, porém, a amizade, junto com a responsabilidade " individual de cada um " (hehehehe) renderá frutos para que aumente cada vez mais a modalidade pelo país e pelo mundo.
O meu sentimento por fazer parte desse grupo não tem tamanho, o companheirismo, a brincadeira ligada ao compromentimento isso não tem preço. Estar nessa equipe é poder desfrutar de momentos inesquecíveis e ser feliz. Tenho a certeza que ainda iremos conquistar muitas coisas juntos e saber que temos além de companheiros grandes amizades no grupo nos da mais força para ultrapassar obstáculos e adversários na vida.
Grande abraço para todos e....EXPLOSION!!!!! para quem entende...

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Djhandro Ricardo Atleta do Brasil

Olhando as fotos deste blog me deparo com toda uma trajetória que iniciei a alguns anos no esporte e a dois anos neste esporte o qual estou apaixonado... por tudo que tem me proporcionado... de momentos inesquecíveis... oportunidades únicas... aprendizagens diversas ... e amizades espero eternas... sempre estarei disposto a defender esta equipe... por tudo que me possibilitou como atleta, como pessoa e como ser humano... é este sentimento que me faz querer bem mais, me faz querer esta preparado, me faz acreditar que poderemos nos encontrar novamente e mais uma vez desfrutar deste momento... onde juntos buscamos o que parece as vezes inalcansável... porém juntos... somos bem mais... nossos sorrisos são cúmplices... nossas brincadeiras nos entregam... alegria, diversão, compromisso, vontade... mas uma vez tocamos nossas vidas, e acreditem, jamais estaremos sozinhos, afirmo com a mesma certeza de que jamais seremos derrotados... pois já somos campeões.... meus mais sinceros agradecimentos a toda delegação brasileira presente inclusive em pensamento no mundial de Cádiz... Acreditem.
Obrigado por fazerem o Melhor Handebol de Areia do Mundo!!!

Bruno Carlos Atleta do Brasil

Hoje, depois de algumas experiências de vida no beach handball, posso dizer sem dúvida nenhuma que não há como explicar o sentimento que temos no momento em que estamos na quadra... não há como descrever a alegria de estarmos juntos concentrados, "do nosso modo", reunidos antes dos jogos em busca de uma melhor solução para vencer nossos adversários, há um elo ("de ligação"kkk) muito forte que nos proporciona a alegria de estarmos juntos, de fazermos parte desse selecionado que representa nosso país... nunca e em nenhum outro momento poderemos sentir novamente essa sensação maravilhosa que tomou conta de nós em cádiz, outras competições virão e com certeza estaremos prontos para levar nosso país ao pódio, sim outros sentimentos sem explicação virão mas, só quem esteve naquela "festa cheia de cuba libre" sabe o que é fazer parte de um grupo que sem dúvida é o melhor do mundo HOJE!Tenho a certeza de que todos que estiveram naquele mundial, quando olharem para nós novamente irão dizer: "Lá estão os melhores do mundo" e para que isso permaneça durante séculos deveremos seguir direito a cartilha expressa por Antonio Herminio, para que possamos estar prontos para irmos a qualquer momento representar nosso Brasil em qualquer lugar desse mundo.Aos meus amigos, digo sem receio nenhum que são amigos verdadeiros que encontrei nesta equipe, sei que todos estão com o mesmo pensamento de sempre melhorar para que esse trabalho construído com suor, em baixo de chuva e sol e sempre com alegria, seja coroado com títulos e principalmente com a alegria de termos uns aos outros como amigos.Aproveito a oportunidade para agradecer de todo meu coração pelos momentos vividos ao lado de todos vocês que fizeram e fazem parte deste grupo campeão que cada vez mais me orgulha de poder estar junto.
Um beijo do meu coração a todos que fazem o MELHOR HANDEBOL DE AREIA DO MUNDO!!
Bruno Carlos de Oliveira - Bruninho

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Delegação Brasileira no Mundial 2008

Maria José, Juliana, Guerra, Edna, Cyrillo, Djandro, Gulliver e Gil.
Rossana, Taissi, Claudia, Bruno, Raila, Stanley, Milena, Pezão.
Emanuel, Jeftye, Emanuelle, Baldacin, Jarison, Mayssa e Jerusa.
Cinthya e Darlene.


quarta-feira, 16 de julho de 2008

Melhor Dupla de Arbitragem do Mundo

Mais uma vez pudemos sentir orgulho de ter uma dupla de arbitragem brasileira considerada nota dez pela Federação Internacional de Handebol (IHF). Após o sucesso nos mundiais do Egito/2004 e Brasil/2006, Silvio (PB) e Luiz Felipe (RJ), mais uma vez foram elogiadíssimos pela coordenação de arbitragem da competição, ficando fora da final, por estar o Brasil envolvido diretamente nos dois naipes.
Com a aposentadoria dos Gregos, os brasileiros passam a figurar como dupla mais experiente e, como é voz corrente entre dirigentes e técnicos de equipes, melhor dupla de arbitragem de beach handball do mundo. Portanto, mais um título que trouxemos dessa competição.
Esperamos que a dupla seja utilizada para fomentar a melhoria da arbitragem em nosso país, ajudando a modalidade a crescer em todas as direções.
Acredito que todos as pessoas envolvidas com o Handebol de Areia e o Handebol, gostariam de agradecer a vocês por mais essa jornada vitoriosa em suas carreiras, onde elevaram o nome do Brasil, numa atividade extremamente difícil e controvertida que é arbitrar. Espero estar presente em outras competições em que vocês atuem.
Um forte abraço!!!!

Professor Alex Dourado

No nosso dia-a-dia profissional, junto as pessos que nos cercam, inúmeras vezes temos opiniões discordantes. Independente do ponto de vista é preciso reconhecer o esforço de todos aqueles que lutam incansavelmente pelo crescimento do desporto. Precisamos daqueles que não se furtam a emitir opiniões, pareceres e lutam por sua posição. Nesse sentido, se faz necessária menção elogiosa ao Professor Alex Dourado, diretor de arbitragem da CBHb, pela briga diária na consolidação da modalidade. Certamente, do Ceará, Alex está e estará na vigia pelo crescimento do Beach Handball do Brasil.

Um forte abraço!

Muito Obrigado!

Agradecimentos a todos aqueles que escreveram. Que deram forças. Que acompanharam o mundial através do blog. Temos a certeza que sem vocês, não chegaríamos tão longe no campeonato mundial. Depois de 45 dias de treinamento, viagens e jogos, é confortante receber uma mensagem. Um carinho. Uma citação. Estejam certos que em 2010, provavelmente na Croácia, estaremos mais fortes e mais treinados.
Até breve!

Carta de Paulo Martins (membro da comissão técnica masculina)

Ola Amigos do Handebol!
Nossas seleções voltaram esta noite do Mundial e trouxeram na bagagem duas excelentes posições. O Masculino perdeu no 1 x goleiro para a equipe da Croácia ficando como Vice-Campeão Mundial. O feminino, perdendo somente um jogo durante toda competição, acabou ficando com a medalha de bronze.
Esta mensagem não serve somente para informá-lo, tem o objetivo de agradecer a todos que torceram, que gostam da modalidade, que trabalharam direta ou indiretamente para que tivéssemos as condições de chegarmos lá. Obrigado por você gostar do Beach Handball. Obrigado por você praticar o nosso Handebol de Areia. De hoje em diante temos a obrigação de continuarmos mostrando que por aqui temos duas das melhores equipes do Mundo. Para isso, é só continuar a jogar, praticar, treinar, elaborar torneios e campeonatos, darmos cursos, ensinar nossas crianças e, principalmente, defendermos nossa modalidade. Um pouco que cada um venha a realizar, já será de bom tamanho para alcançarmos nossos objetivos.
Lembro a vocês que agora para o segundo semestre teremos fases do Campeonato Brasileiro em vários estados. Teremos também as finais do Brasileiro em Dezembro. Em 2009 teremos os Jogos Suldamericamos de Areia no Uruguai e o World Games na China. Dessa forma daremos continuidade ao nosso trabalho.
Obrigado novamente a todos que gostam do nosso Handebol de Areia. Logo voltamos a nos falar.
Abraços,
Paulinho Martins

domingo, 13 de julho de 2008

Vice e Terceiro

Não deu!
Fomos vencidos pela Croácia na final por 2 x 1. Jogamos mal o primeiro set e vencemos o segundo. Na disputa de 1 x goleiro perdemos um arremesso e o jogo. Mas valeu. Os atletas brasileiros foram considerados versáteis, espetaculares (como pede a modalidade) e extremamente felizes. Espalhamos alegria e representamos de forma admirável o povo brasileiro.
O feminino venceu a Itália na disputa de terceiro lugar. Foi uma recuperação impoprtante. As meninas se superaram.
Esteve presente a competição, o Presidente da Confederação Brasileira de Handebol, o Sr. Manuel Luiz de Oliveira. Após a partida o dirigente elogiou muito as equipes pelo desempenho e se disse satisfeito com a performance brasileira.
Agora devemos nos preparar para as etapas brasileiras da modalidade. É sempre bom lembrar que os vencedores estarão classificados para a fase final.
Até breve!!!

sábado, 12 de julho de 2008

Brasil na Final

A equipe masculina de beach handball do Brasil está na final. Após vencer a Sérvia de 2 x 0, garantimos o direito de disputar o título máximo da modalidade.
Hoje contra os sérvios, a defesa e o ataque funcionaram de forma equilibrada. Manoel, o melhor goleiro da competição, fez uma partida fantástica. Cyrillo e Djandro, nossos defensores, têm papéis coadjuvantes, mas garantem que joguemos sempre na frente do placar. No ataque, todos jogaram bem, mas destaco o armador direito Jefte e o pivô Baldacin.
Amanhã disputaremos o título com os croatas. Assim como nós, eles estão invictos na competição. É uma bela equipe. Treinada. Com muitas variações. Porém, como qualquer outra equipe, pode ser vencida.
A nota triste do dia ficou por conta da equipe feminina. O Brasil, muito superior nessa competição, sucumbiu as donas da casa. Após um primeiro tempo impecável, onde não demos a menor chance a Espanha, perdemos o segundo set e na disputa de 1 x goleiro, quando estivemos irreconhecíveis. Infelizmente a derrota que nos serve para reflexão, aconteceu no momento mais crítico da competição. Tenho a certeza que as professoras Claudia e Rossana, assim como todas as atletas, saberão "levantar a poeira" e sairão para a disputa do terceiro lugar reforçadas. Agora é a hora de mostrar a amizade que construiram ao longo da carreira de seleção. Meninas vamos buscar a medalha. Ela será representativa de tudo que vocês passaram nesses 40 dias de trabalho. Pensem nas pessoas que ficaram no Brasil torcendo e esperam o melhor de vocês. Pensem na família. Nos amigos. Pensem em vocês. Em última análise, pensem como campeãs. Busquem ou arraquem forças!
Como disse Chico Buarque: "Amanhã será outro dia..."

Vencemos o Egito

Na tarde/noite de ontem superamos a equipe africana e saímos em primeiro da chave "B". Hoje disputaremos a semi-final com os Sérvios. Esse jogo será duríssimo, pois a Sérvia chegou a essa fase após muito sacrifício e expectativas. Acreditamos que os atletas se empenharão ao máximo para nos vencer. A Sérvia tem um grupo experiente. São bem alegres e curtem o mundial. Do nosso lado, estamos concentrados para esse jogo, nos desligando do que falam sobre nosso favoritísmo. Formamos uma equipe experiente, apesar da idade, e sabemos de nossa importância para a consolidação da modalidade em nosso país.
Na outra semi-feinal, o Egito enfrenta a Croácia. Esse promete ser um duelo de gigantes. O Egito tem um jogo centrado em pequenas movimentações e arremessos de especialista ou giro. Já a Croacia, apesar da estatura de seus atletas, tem jogo semelhante ao nosso, com grande variação de passes para aérea e arremessos.
Fica agora o registro de uma constatação: no masculino, chegaram a semi-final as equipes que mais treinaram e que disputaram o torneio em Algeciras.
Forte abraço e torçam por nós!

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Dia Feliz

Mais um dia termina e o Brasil está na frente nos dois naipes.
No feminino, duas vitórias que não deixam dúvidas quanto ao favoritismo de nossas atletas. Pela manhã vencemos as italianas por 2 x 1. A tarde/noite, vencemos a Noruega por 2 x 0. Amanhã enfrentaremos as donas da casa - Espanha, numa das semi-finais. Na outra a Croácia se depara com as Italianas. São jogos sem prognóstico definido, com leve vantagem para brasileiras e croatas. Imagino que essa será a final.

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Paquistão: Uma Grande Surpresa

A equipe do Pasquistão causou a maior surpresa já acontecida em competições oficiais entre países. Após perder no início da tarde para a Líbia, a equipe do Paquistão jogou e venceu o Egito. Vale salientar que os perdedores foram campeões mundiais em 2004, ficaram em quarto no mundial do Brasil em 2006 e são candidatos ao título de campeões dessa competição. A distância entre as equipes seria muito grande. Porém, os paquistaneses deram uma verdadeira lição aos países que querem vencer essa competição. Somos todos iquais, e essa modalidade tem essa característica. Qualquer equipe pode surpreender.
Foi bonita a festa desses jogadores que apareceram pela primeira vez em mundial. Conseguiram superar uma derrota para uma equipe modesta e venceram um grande país. Amanhã enfrentaremos esses jovens jogadores, verdadeiros "Davis"

Excelente Manhã

O Brasil segue firme na primeira posição junto com a Itália no grupo A feminino. Hoje iniciamos o dia vencendo as dominicanas pelo placar de 2 x 0.
As meninas têm um jogo muito consistente. São temidas pela variação de jogadas e possibilidades ofensivas. As professoras Claudia e Rossana fizeram excelente trabalho. Está chegando a hora de confirmar o favoritismo, e tenho convicção que essas meninas vão fazer o melhor.
No masculino, ao meio dia e sob sol inclemente, vencemos os turcos pelo placar de 2 x 0. Fizemos um bom primeiro tempo, porém, jogamos um péssimo segundo set. Conseguimos empatar o jogo no final, e vencemos no gol de ouro. Com esse resultado estamos na frente junto com o Egito, que pela manhã venceu a Espanha. Logo mais jogaremos com a Líbia. Não podemos diminuir o rítmo achando que eles não têm experiência ou algo parecido. No beach handball masculino todos são muito próximos e os jogos muito difícies.
Logo mais retorno com notícias do Campeonato Mundial de Beach Handball. Até breve.

Torcida Brasileira

Gostaria de agradecer as pessoas que acompanham o Mundial através do blog. É confortante saber que tem muita gente do outro lado torcendo. Aqui, trabalhamos num ambiente maravilhoso, mas com armadilhas. Existe uma pressão saudável. É natural que o Brasil, masculino e feminino, seja o país mais visado. Temos os principais resultados recentes e todos querem nos vencer. Os jogos ganham cores diferentes. Ontem, uma quarta-feira, no jogo contra a Espanha, a arena estava cheia. Toda a cúpula da IHF assistia à partida. Transmissão ao vivo. Aqui só se fala no primeiro mundial na Europa e eles querem muito vencer essa competição.
Foi maravilhoso ver os meninos com alegria e querendo jogar. É possível que essa vontade enorme tenha até atrapalhado. Fizemos um primeiro set duríssimo, mas irregular. O ataque não funcionou e sobrecarregou a defesa. O segundo foi mais consistente e vencemos sem nenhuma chance para os espanhóis. Na decisão de 1 x goleiro, Manoel defendeu um arremesso e Jefte arremessou uma bola na trave. Utilizamos Cyrillo como goleiro, e eles fizeram falta de ataque. Precisava que Bruninho fizesse o gol de um, porém, Armand defendeu e colocou a Espanha outra vez na disputa. Depois de dois arremessos (um para cada equipe), Manoel defendeu mais um e Djandro confirmou de um. Vitória do Brasil e muita alegria entre a delegação.
Hoje tem mais...

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Jogos pela Internet

Nessa da página da IHF você consegue assistir jogos do Mundial da Espanha de Beach Handball...
http://www.ihf.info/front_content.php?idcat=255&idart=1327
Entre lá e comente!

Vencemos!!!!!!!!!!!!!!

O Brasil venceu os três jogos de hoje. O feminino venceu Servia e Ucrânia. O masculino venceu os donos da casa, Espanha.
Com grande público presente, a equipe masculina venceu a Espanha após perder o primeiro set. Ganhou o segundo set e a disputa de um x goleiro.
As duas equipes brasileiras deram importantes passos para a classificação nos seus respectivos grupos. Como nos referimos anteriormente, somente duas equipes por chave, disputarão a semi-final.
Amanhã o Brasil enfrenta a República Dominicana no feminino. Masculino joga com Turquia e Líbia. Nunca e demais lembrar que Turquia é bi vice campeã mundial. Portanto, teremos um duro compromisso no dia 10 de julho.
Forte abraço!!!!

Pequenas Mudanças e Interpretações

O Mundial iniciou e estamos atentos as novas orientações da IHF para as regras do jogo. Vou salientar algumas, mas dirigentes e árbitros devem esperar orientações do Prof. Alex Dourado, Diretor de Arbitragem no Beach Handball.
  1. Invasão será cobrada como no handebol de quadra: tiro de meta;
  2. Os goleiros, na intenção de amentrontar o adversário, não devem elevar as pernas no sentido do atacante. Ele pode saltar verticalmente. Horizontalmente nunca. Salto horizontal: tocou o atacante - seis metros e desqualificação. Não tocou - seis metros e exclusão;
  3. No um x goleiro, o atacante equilibrado e tendo contato visual com o que está a sua frente, quando chocar com o goleiro, será considerado como falta do atacante. Ao contrário, sempre que houver choque entre os dois, o goleiro será desqualificado e a equipe terá direito a um tiro de seis metros;
  4. Como a modalidade segue no seu sonho olímpico, é grande a preocupação com a imagem do jogo. Sendo assim, a IHF resolveu pegar pesado com a questão do uniforme e organização de jogo. As equipes não podem jogar com camisas de manga no masculino. Feminino tem que utilizar top e sunquine.
  5. Os dirigentes devem estar com o mesmo uniforme. A camisa do curinga deve ser de material que deixe o número aparente, isso tudo entre outros detalhes;
  6. As equipes podem inscrever 4 dirigentes. Entretanto, somente dois estarão na quadra de jogo. Os outros, caso necessário, podem ficar próximo ao local do evento e devem ter livre ascesso quando solicitados (médicos, fisioterapeutas e outros);
  7. Nos tiros de 6 metros com exclusão ou desqualificação, vale o que já estávamos fazendo: se for gol - a equipe completa. Caso não entre e a bola retorne para a equipe atacante, esperar a próxima posse de bola;
  8. A grande novidade foi a interpretação de que os gols de costas para o gol devem valer dois pontos. Exemplo: o atleta gira e no meio do giro arremessa... Vale dois...

Espero ter ajudado de alguma forma. Forte abraço!!!

Brasil x Espanha Masculino

O jogo que fecha a rodada de hoje (20 h e 30 min) será entre a nossa seleção masculina e os donos da casa. Esse jogo promete muito, pois as equipes jogam de forma a buscar o espetáculo sempre.
No mundial todo jogo é de "vida ou morte". Somente duas equipes passam para a fase de semi-final. Já pudemos ver pela manhã o empenho de todos.
Como técnico da equipe, posso adiantar que estamos preparados. Treinamos muito para essa competição. Agora é ver o resultado de tanto esforço.
Forte abraço a todos!!

Brasil Estréia com Vitória

A equipe feminina estreou hoje com excelente vitória frente as Sérvias (2 x 0). Depois dos últimos jogos no Torneio Internacional de Algeciras, onde as meninas sentiram muito os efeitos da nova bola de competição, jogamos hoje e mostramos a "cara"de vencedoras e favoritas ao título. A equipe sabe do favoritismo, porém, em nenhum momento se deixa levar por vaidades.

A equipe volta a quadra hoje (18 h) para enfrentar a Ucrânia. Esse país tem tradição na modalidade, e o jogo promete grandes emoções.

Vamos continuar torcendo!!!!

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Chegamos à Cádiz - A Cidade que Sorri

Saimos hoje de Algeciras. Viajamos para Cádiz, a cidade onde será realizado o III Campeonato Mundial de Beach Handball. O Hotel onde estamos hospedados, Bahia Sur, é excelente e oferece tudo que um atleta necessita.

Amanhã (8/7) treinaremos ao meio dia e a solenidade de abertura da competição será às 19 horas. No dia 9/7 começará a competição para valer. O feminino joga duas vezes (Servia e Ucrânia) e o masculino uma (Espanha).

Aguardemos os resultados!

domingo, 6 de julho de 2008

VENCEMOS!!!!!!!!!!!!!!

Terminou hoje o I Torneio Internacional de Algeciras/Espanha. Vencemos nos dois naipes.
No feminino, após a vitória sobre o Uruguai, o Brasil confirmou o título com 4 vitórias (Croácia, Dominicana, Espanha e Uruguai) e apenas uma derrota (Noruega).
No masculino, obtivemos 4 vitórias (Croácia, Servia, Uruguai e Espanha) e 1 derrota (Egito).
Todas as equipes participantes estarão no III Campeonato Mundial que começa no próximo dia 9 de julho.

Forte abraço para todos!