domingo, 13 de julho de 2008

Vice e Terceiro

Não deu!
Fomos vencidos pela Croácia na final por 2 x 1. Jogamos mal o primeiro set e vencemos o segundo. Na disputa de 1 x goleiro perdemos um arremesso e o jogo. Mas valeu. Os atletas brasileiros foram considerados versáteis, espetaculares (como pede a modalidade) e extremamente felizes. Espalhamos alegria e representamos de forma admirável o povo brasileiro.
O feminino venceu a Itália na disputa de terceiro lugar. Foi uma recuperação impoprtante. As meninas se superaram.
Esteve presente a competição, o Presidente da Confederação Brasileira de Handebol, o Sr. Manuel Luiz de Oliveira. Após a partida o dirigente elogiou muito as equipes pelo desempenho e se disse satisfeito com a performance brasileira.
Agora devemos nos preparar para as etapas brasileiras da modalidade. É sempre bom lembrar que os vencedores estarão classificados para a fase final.
Até breve!!!

9 comentários:

Marcinho (Niterói) disse...

Gostaria de deixar registrados os meus parabéns às duas equipes brasileiras que se mantiveram na elite do Beach Handball mundial.

Apesar de não ter sido possível o bicampeonato, o Brasil, sem dúvdia, está entre os melhores da modalidade.

Grande abraço a todos!
E Parabéns mais uma vez!

Alex Holanda Dourado disse...

Caros Amigos, Guerra & Cláudia,

Parabéns pelo belo trabalho a frente das seleções nacionais de Beach Handball, e consequentemente pelas medalhas conquistadas na Espanha: Prata e Bronze. Creio que todo o trâmite para a formação das seleções, partindo da observação dos atletas no brasileiro de 2007, até a definição do grupo dos 10, foi feito de acordo com a coerência. Os critérios foram os mais justos e levamos para Cádiz o tínhamos de melhor atuando no Brasil. Os 40 dias (sem computarmos as fases anteriores) de preparação, quando foram deixados em 2º plano: família, emprego, faculdade, amigos..., foram sintomas de que todos estarão sempre aptos a continuar colaborando e se sacrificando pelo esporte que mais amamos. Se as condições de trabalho não foram as ideais, pelo menos se aproximaram daquilo que se merece. Assustamos os participantes da 3ª edição do mundial com atuações soberbas na 1ª fase, e mostramos que éramos favoritos ao título de BI-CAMPEÕES MUNDIAIS, entretanto, fomos traídos pela imponderabilidade da modalidade BEACH HANDBALL, pois neste esporte nem sempre o favorito vence. Somando-se as outras características como: velocidade, dinamismo, plasticidade, beleza, espetáculo, além do fair-play, afirmamos, sem dúvidas, que estamos diante do esporte mais perfeito do século 21. Continuemos, pois ainda há muito para ser feito pelo Handebol de Areia no nosso País, e cabe a vocês uma grande parcela dessa responsabilidade. Infelizmente, para o povo brasileiro a cor que reluz é somente ouro, mas, nós sabemos o quanto significa, no atual contexto, a Prata e o Bronze. Estamos Felizes e verdadeiramente orgulhosos!
Um Forte Abraço!

Alex Holanda Dourado
Diretor de Arbitragem
Handebol do Areia da CBHb

xyko disse...

cabecaPARABENS PELOS TITULOS CONQUISTADOS, SABEMOS DAS DIFICULDADES QUE PASSAMOS AQUI NO NOSSO PAIS, MAIS TEMOS PLENA CONVICÇÃO QUE O TREINAMENTO FOI REALIZADO DA MELHOR FORMA POSSIVEL, MAIS DE FORMA NENHUMA DIMINUI EM NADA O NOSSO VALOR INDIVIDUAL E COLETIVO, MAIS PROVAMOS A TODO O UNIVERSO DE AREIA QUE O BRASIL É A REFERENCIA DO MUNDO, ENTÃO PARABENS GUERRA, CLAUDIA, ROSSANA , PAULINHO E STANLEY, QUE MAIS UMA VEZ REPRESENTARAM DE FORMA INDISCUTIVEL O NOSSO AMADO PAÍS E NOSSO MARAVILHOSO DESPORTO, TUDO DE BOM E TENHAM UM OTIMO RETORNO AO LAR.

Rui Elias disse...

A vida não é feita só de vitórias, o importante é o trabalho realizado.
Parabéns a todos que fazem parte da Seleção Brasileira , tanto na masculina como na feminina.
Agora é trabalhar para buscar novamente a egenmonia.
Vamos lá BRASIL!

Cayo disse...

Parabéns as equipes! Levaram o nome do Brasil com força e mostraram que somos competentes dentro do desporto.
Boa sorte a torcida continua!

Billy - SC disse...

PARABÉNS BRASIL!!! Valeu o empenho, dedicação e sacrifícios. O resultado poderia ter sido o Bi Campeonato, porém estar na elite mundial, com um vice e um bronze, não é para qualquer um! Tenho certeza que o máximo foi tentado. Parabéns aos atletas, CBhb e Comissões Técnicas, em especial aos meus amigos Guerrinha e Cláudia. Vocês provam a cada competição que são os melhores do mundo. Guerrinha, e pensar que um dia, lá no Egito, você disse que iria parar... ainda bem que você voltou atrás..rsrsrs Parabéns! Billy.

leandro disse...

ted boy sv
professor parabens para você e os rapazes, na próxima venceremos

Djhandro Ricardo disse...

As vezes quando tentava imaginar como seria nossa participação no mundial... ficava apreensivo pois não sabia se tanta gente assim confiava na gente pra tamanha competência... ai descobri uma coisa... confiança... é algo que contagia... percebi que alguém confiava em mim... e por um instante acreditei que todos que rodeiam acreditavam também... foi isso que moveu aquela bola pra dentro do gol... que me desprendeu do nervosismo... aquela palavra antes do um contra o goleiro faz a diferença... “ Vamo lá...Boy!!!”... kkk... confiança... nos torna uma comissão técnica esclarecida e precisa... confiança transforma um mortal em um goleiro excepcional... confiança em que faz gols fizeram emanar na defesa uma muralha... nossa participação? Acredito que premiou , não de forma perfeita mas de maneira exata toda confiança que depositaram em nós... não por termos atingindo a segunda colocação ... mas por termos nos colocado no local que deve ser sempre nossa meta... esta entre os melhores no que fazemos... estamos entre os melhores no que fazemos... e acredito que com muito trabalho, planejamento, suor, areia, pás, enchadas, cavando com as mãos, é ai que permaneceremos... eu confio nisso...

Anderson Pezão disse...

Grande Djhandro. Belas palavras.
Acabo de chegar e percebi a imensidão de energia positiva que existe em torno do Handebol de Areia. Energia essa que nos faz trabalhar em prol da modalidade sem medir esforços, sem pensar se vale a pena ou não.
Mas depois de tudo q vivemos percebi o quanto vale a pena ser feliz, viver um ambiente familiar com dezenas de pessoas que se unem para um único propósito. Ser feliz, fazendo o que gosta, jogar Handebol de Areia.
Obrigado Beach Handball do Brasil por mais uma fase feliz na minha vida!!!