terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Final do Circuito Nacional - ES (3)

Carta da Professora Kátia, responsável pela competição em Vila Velha - ES.

Olá amigos, feliz 2011!

Vamos ao trabalho. Como vcs já sabem, a arena onde serão disputados os jogos classificatórios e as finais do circuito fica localizada na Praia da Costa, Av .Gil Veloso esquina da Av. Champagnat. Próximo ao local temos várias opções de restaurantes. Vou dar algumas dicas para que vcs possam se programar. Vou tentar ser bastante abrangente nos preços:

1- Restaurante Trindade, no hotel Quality, à uma quadra da arena. Posso ajudar a fechar um pacote de 25 reais por pessoa/refeição. O padrão é alto.
2- Delira's, fica a 04 quadras da arena ; muitas opções à la carte, com preço médio de 20 a 25 reais por pessoa (pratos para dois) . O padrão é muito bom, e tem várias opções.
3- Cozinha Natural, à 02 quadras da arena. Muito gostoso, self service, 28 reais o quilo.

Próximo aos alojamentos e pousadas que serão utilizadas pelas delegações os preços são mais compensadores. Em todos os locais vocês encontrarão self service com preços que variam entre 16 a 32 reais o quilo, dependendo do local que vocês escolherem. Detalhe: jantar por aqui só a la carte, lanchonete ou pizzarias. Nas lanchonetes dá para encontrar açai, sanduiches naturais, enfim... alguma coisa barata e em condições de alimentar um atleta. Quanto aos restaurantes que vendem à la carte perto das hospedagens, posso dar dicas se vocês quizerem saber alguma coisa.

As pousadas que estão programadas para recebe-los ficam a menos de quatro quilometros da arena, ou seja, cinco minutos de carro. Os alojamentos tambem são próximos, e ficam a cerca de 5 quilometros do local do evento. Menos de 10 minutos de carro, tambem.

Preciso saber quantas pessoas vêm em cada delegação, e o tipo de trasnporte que utilizarão.

Pessoal que vem para a fase de qualificação, sugestões de pousadas:

1- Praia da Costa (27) 3329 -3516. Diária de cerca de 65 reais por pessoa (negociem). Fica à 04 quadras da arena (obs: quando falo quadra, quer dizer um quarteirão pequeno. As quadras do bairro não tem mais do que 100 / 130 mts).
2- Quality hotel : cinco estrelas, diária de cerca de 150 reais por pessoa. Mas é bonito e fica quase defronte da arena.
3- Hotel faraóh : fica a cerca de cinco minutos da arena (de carro). 40 reais a diária por pessoa.
4- Se o pessoal for razoávelmente comportadinho tenho uma dica muito boa para vcs, que inclui até a possibilidade de conseguir almoço e jantar baratinho. É o Centro de Formação Martina Toloni, fica na Prainha (centro histórico daqui, fica à dez minutos de carro da Praia da Costa - menos até). Falar com a Ida no fone (27) 3329 1012. Quartos duplos, tudo limpinho, 35 reais por pessoa (a diária). É um lugar calmo, as responsáveis são muito amáveis, e não dá para o pessoal fazer farra lá dentro (fica ao lado de um retiro de freiras). É uma excelente opção.

Quanto ao alojamento, estou correndo atrás de alguma forma de ajudar o pessoal, mas até agora está dificil. A não ser que as equipes que estão precisando de suporte não se importem em ficar alojadas com outras delegações, divididos em feminino e masculino, claro. Mas ainda tenho alguns contatos e vou usar para tentar ajudar, até o final deste semana.

Por enquanto é isto.
Um abraço

Kátia

19 comentários:

Ted Boy disse...

Boa noite
Fiquei muito triste com esta postagem, acreditava até o momento que alojamento e refeições seriam bancados pela organização, parece que não será assim pelo menos quanto a alimentação e teríamos que arcar com nada e que o transporte seria facilitado no ES, esta parte pode ser que não entendi direito.
Não contávamos com este gasto e que estamos sabendo em cima da competição , já esta difícil de ir para aí e agora mais esta! Novamente somos surpreendidos e espero que consigamos vencer mais este obstáculo, sei que em nenhum momento afirmaram que não pagaríamos a alimentação só não entendo a demora para falar sobre isso.

Guerra-Peixe disse...

Ted,
Vocês perdem muito por não ler o regulamento e entender as coisas de forma errada.
Na qualificação a equipe não tem direito a hospedagem e alimentação.
Na fase final segue o que sempre aconteceu, a organização local se responsabilizará pelo hospedagem e transporte interno.
Abraços!

Anônimo disse...

Guerra, curto e grosso...

Quem não tem competência que não firme compromissos...

Anônimo disse...

'relaxem' pessoal msm com tanta 'trapalhada' da Confederação(apesar do grande esforço do pessoal de Espírito Santo) ainda sim o evento ocorrerá com grandes equipes se enfrentando naquela que acreditamos ser a mais equilibrada fase final de circuto brasileiro de handebol de areia de todos os tempos(até me parece ironias!...hum), pena que o handebol de areia esteja nas mãos de pessoas esforçadas porém fracas para administrá-lo, esperamos que 'DITADORES' disfarçados de presidentes,dirigentes,técnicos etc como: Manoel Luis,Fabio Lazzari,Stanley Mackenzie dentre outros possam se afastar do nosso desporto pois todos são fracos não ouvem,absorvem e compreendem atletas e amantes do desporto eles apenas 'ditam' suas regras e obtêm glamour e faturamento($)

Anônimo disse...

por isso nosso esporte tão queria não vai para frente. Por causa dessas palhaçadas. nem todos tem condições te banca isso tudo. Por favor para que isso sirva de lição para o proximo ano sem trapalhadas por favor viu

obrigado

Guerra-Peixe disse...

Seria possível o Mestre Anônimo citar as trapalhadas? Onde estão os erros? O que foi combinado e agora alterado? O que está sendo feito que fere o regulamento da competição? Será que existe alguém que se predispõe a escrever criticando gratuitamente o esforço de alguns, somente por criticar? Palavras nesse sentido podem contribuir para o crescimento do Handebol de Areia? Onde está a palhaçada? Estou cansado de falar e vou repetir: já temos adversários demais em outros desportos, vamos nos unir e tentar fazer o melhor sempre.

A critica justa como ano passado, quando tivemos todos aqueles problemas para realizar o evento, tendo que dividir em duas etapas, será sempre bem-vinda. Eu ficava respondendo e mostrando o outro lado da situação, mas tinha consciência das dificuldades e o quanto a situação estava prejudicando a todos. Mas esse ano não vi nada de anormal. O regulamento não foi alterado. A sede da final se comprometeu em realizar e até agora está honrando. Com exceção de Santa Catarina, por falta de equipes inscritas, as etapas foram realizadas. Onde está o problema?

Reativando a memória. Tirando a final de Sergipe, quando foi oferecida toda a estrutura, inclusive com hotel e alimentação, que as finais do brasileiro têm os clubes pagando a alimentação. Faz parte do regulamento da competição e por mais que esteja escrito, comentado e falado sempre aparece um desavisado para questionar. Dessa vez foi o meu amigo Ted Boy. Pergunto: quem pagou a alimentação ano passado em Mongaguá? Quem pagou em João Pessoa no ano anterior? Onde está escrito que Vila Velha pagaria tudo? Diferente do que pensa o corajoso Anônimo, o Diretor da modalidade, Stanley Mackenzie, sempre tenta que a sede banque tudo. Entretanto, quando se consegue o que o regulamento manda já nos damos por satisfeitos.

Esse texto está um pouco disfarçado, mas conheço a origem. Sei também do que se refere o autor. Entretanto, vocês não cumpriram os prazos. Tentem ano que vem com o mesmo discurso de que a prefeitura vai bancar tudo. Mas não se esqueça das assinaturas do secretário municipal, para que não venham a ocorrer problemas como em vezes anteriores.

Por fim, sugiro que vocês, com tanta competência para criticar, tomem o Handebol de Areia do estado e façam a metade do que fazia aquele que vocês criticavam e nunca ajudaram. Certamente, o resultado será brilhante.

Cuidado, o Handebol de Areia aí tá ficando caidinho...

Anônimo disse...

Existe alguma possibilidade de ser como em Mongaguá, onde as equipes pagaram uma unica taxa de alimentaçao ?

Creio que da forma como foi ano passado, seria menos "trantorno" para as equipes, que se preocupariam em apenas jogar.

Guerra-Peixe disse...

Estou aguardando a sua resposta...

Nunca esquecer que a taxa única de Mongaguá já estava embutida alimentação e colônia. Preço ótimo! Porém, característica e possibilidade de uma cidade como Mongaguá. Nunca Rio de Janeiro, Vila Velha ou João Pessoa.

Já está tudo acertado como manda o regulamento. Hospedagem e transporte interno responsabilidade da cidade e alimentação por conta dos clubes.

Boa competição!

Luiz Carlos disse...

Num país continental como o nosso(pra não dizer imenso!!), qualquer deslocamento mesmo dentro da mesma região vai causar algum tipo de transtorno, temos que estar preparados ou nos preparar para isso, ainda por cima, quando já conhecemos "os caminhos". Acredito que o melhor que temos a fazer pelo Esporte e mais ainda pelo nosso Handebol de Areia, é sem dúvida nos oferecermos para ajudar. Alguém podia questionar, em que? pedindo sediamento de uma Etapa, colocando equipes para participar das competições, promovendo cursos, etc... todos juntos. Assim, saberíamos como é difícil(muito difícil!) a tarefa de chamar para sí a responsabilidade de organizar um evento, ainda mais desse porte,(Final de Circuito). Nesse momento, temos que parabenizar a Professora Kátia e seus aliados(amigos) pela coragem, responsabilidade e determinação em pedir esse sediamento, parabéns mesmo!!!!. Em outro momento parabenizar também a todo pessoal da comissão de organização do Handebol de Areia, que sem vaidades, tenta saisfazer aos mais diferentes gostos e prazeres, de alguns poucos, felizmente, que pensam que só o fato de jogar é o mais importante, penso que não é só isso. Para vermos nosso Handebol de Areia ainda maior, com o espaço em nosso país que já é seu muito mais reconhecido, temos que ser grandes também e juntos, com rivalidades, com vaidades, mas, nos respeitando sempre. Não podemos fazer desse espaço, um "mural" de desrespeitos e chacotas(críticas sim, desrespeitos e chacotas nunca!). Como o Guerra citou num de seus textos acima, temos que fazer críticas e dar a mão(as duas mãos), para mostrarmos algum caminho que faça o trabalho prosperar, florescer, assim seremos mais felizes e todos terão o reconhecimento que merecem. Penso que aqui, pode ser e pelo menos pra mim que já é, um espaço acadêmico, além de uma maravilhosa opção para encontrarmos e/ou reencontrarmos amigos, um lugar onde podemos expôr nossas idéias e recorrer sempre que precisarmos saber mais, sobre nosso Handebol de Areia(eventos nacionais e internacionais, etc.),por isso, é importantíssimo nos mantermos sempre nesse nível. Grande abraço! do amigo, Luiz Carlos.

Luiz Carlos disse...

Amigos, onde ler-se "saisfazer", leia-se "satisfazer", e por favor, retirem os parênteses de Final de Circuito(Final de Circuito), não precisava colocar, ok? perdoem a pressa. Obrigadaço!! do amigo, Luiz Carlos.

Ted Boy disse...

Boa tarde aos amigos e aos cornetas covardes também!
Professor Guerra li novamente o regulamento da competição e não achei em nenhum local algo que fale sobre alojamento , transporte ou alimentação.
Lembro que em Aracaju tudo foi pago pela confederação, as outras finais tivemos que arcar com alojamento e comida. Acreditei que como foi indicado o local com muita antecedência e antes do prazo dado pela confederação que tudo estaria incluso , ninguém da confederação em nenhum momento falou que a alimentação estaria inclusa.
Foi mais um lamento pela surpresa do que uma crítica, todas as duvidas nos foram tiradas quando assim solicitamos.
Quanto aos covardes:
Ter opinião sobre algo, é direito de todos mas posta-las ofendendo os outros anonimamente é coisa de pessoazinha bem pequenininha , canalha e sem vergonha!
Abraço a todos inclusive aos covardes canalhas!

Guerra-Peixe disse...

Ted,

Fique calmo! Infelizmente, tem pessoas que precisam do anonimato para tentar falar alguma coisa. Vamos em frente!

Olhe só, essa coisa da alimentação é regulamento da CBHb para campeonatos. Vigora desde o primeiro que fizemos no Guarujá. Lembra? Depois veio aquele de Aracajú onde Manoel Luiz conseguiu tudo. Na época apontamos isso como um problema para o futuro, pois seria difícil que os praticantes entendessem que aquilo era uma excepcionalidade. Paraíba e Mongaguá e todo mundo pagou. Mais ou menos, mas todos pagaram.

Agora veja por outra ótica. Um campeonato desses sai por quanto? Já tentou fazer a conta? Já percebeu a dificuldade em se conseguir uma cidade que banque o que o regulamento exige? Eu tenho visto essa dificuldade e deduzo que é caro. Portanto, enquanto não conseguimos a verba que vai definir inúmeras coisas, vamos tocando o barco e melhorando cada vez mais a nossa competição.

Um forte abraço!

Ted Boy disse...

Olá professor
Entendo o que o você diz, sei que o custo para a montagem de um campeonato é alto, como disse foi mais um lamento que uma crítica.
Cada pessoa em qualquer lugar do Brasil que queira levar o Handebol de areia para lá tem meu apoio.
Abs

Anônimo disse...

A Confederação de Handebol de Areia esta de Parabéns, Muitas competições de HANDEBOL DE QUADRA que ja é bem mais conhecida do que o Handebol de Areia, fazem competições onde nao esta incluso a alimentação!!!
Nem a oportunidade de vários times competir, e disputar vaga para um Brasileiro, nem isso Existeee, só temos oportunidades de vivenciar isso no Handebol de areia e com isso com a Hospedagem já paga!!!
Temos que parar de ver as críticas e fazer mais sugestões!!
Tivesse se classificado e treinado mais, com certeza nao estariam aqui reclamando com relaçao a alimentação. hospedagem, bla bla...
PALHAÇADA

Alexandre Gomes de Almeida disse...

Olá Amigos,
Peguei a discussão atrasado, mas gostaria de opinar também.
Creio que pagar R$ 300,00 de taxa de inscrição e cobrar que seja oferecida alimentação, hospedagem e transporte na final do Circuito Brasileiro é uma incoerência enorme.
Infelizmente a modalidade está vivendo da boa vontade de pessoas apaixonadas pelo handebol de areia. Isso já aconteceu muito tempo com as competições de quadra. Com a entrada do patrocínio da petrobrás e mais verbas do COB a CBHb conseguiu oferecer melhores condições para realização de competições. Mesmo assim, ainda não é o ideal...
Acompanho outras modalidades esportivas e não vejo os organizadores oferecerem tanta coisa assim. Cada equipe paga suas contas. Os que tem algo , como o volei de praia, vivem uma outra realizadade, pois existe um patrocinador que banca tudo para os participantes de algumas competições.
Se formos pensar friamente, sem querer economizar, é mais interessantes que as equipes paguem transporte, alimentação e hospedgem. Isso gera riqueza pra cidade que recebe a competição e vai querer investir mais vezes na modalidade. Temos apresentar um "produto" rentável para as sedes e patrocinadores. Se queremos mesmo crescer, temos que parar com essa mania de pedir favor e passar a vender nosso "produto". Para isso, temos que apresentar equipes bem treinadas, uniformes de acordo com o regulamento, competições com um visual atrativo, jogos disputados e etc.
É isso...
Grande abraço

Guerra-Peixe disse...

Alexandre,
Fase de qualificação (não é final), os clubes pagam suas despesas.
Final do Circuito Brasileiro de Handebol de Areia, os clubes pagam a alimentação.
Abraços.

Henrique Campelo - RN disse...

Os gastos com alimentação não surprendem, já era de se esperar pois foi assim em todas as etapas finais até aqui, a não ser em SE como já foi dito pelo Guerra.
No anuncio da professora Katia o que me intriga é a parte que trata da questão da hospedagem. Serão pousadas e alojamentos, não sei se entendo alojamento da maneira correta, mas se for o que penso teremos equipes hospedadas em locais bem diferentes.
Sei que em momento algum a organização é obrigada a hospedar as equipes em hoteis ou pousadas, não é isso que me preocupa, se todos as equipes fossem para um alojomaento iriamos tranquilamente, se todos fossem para hotel também. A questão que me preocupa é se algumas equipes (talvez mesmo a minha) vão ficar em uma melhor condição de hospedagem que outras? E se isso não influenciaria no rendimento durante a competição?
Como disse antes, devido ao fato de não ser da região, posso entender "alojamento" de uma maneira ERRADA, se for isso mesmo alguem faça essa correção; mas caso esteja certo fico um pouco preocupado.

Abraço a todos e em breve estaremos ai fazendo o que gostamos!

COPA INDEPENDÊNCIA MUNDIAL DE HANDEBOL DE AREIA disse...

ME METENDO NESSA CONVERSA, ACREDITO QUE OS COMENTÁRIOS POSTADOS PELO HENRIQUE SÃO PERTINENTES E TAMBÉM ACREDITO QUE TODAS AS EQUIPES DEVEM TER CONDIÇÕES DE ALOJAMENTO IGUAIS, PARA QUE TODAS TENHAM AS MESMAS FACILIDADES E DIFICULDADES E REALMENTE NO QUE DIZ RESPEITO A ALIMENTAÇÃO COMO JÁ ERA ESPERADO, ATÉ PELO QUE DIZ O REGULAMENTO, OS ATLETAS DEVEM SIM SE RESPONSABILIZAR PELA SUA ALIMENTAÇÃO.

RUI ELIAS DE MACEDO

Anônimo disse...

OLÁ AMIGOS HANDEBOLISTAS, ATENÇÃO PARA ESTE SIMPLES COMENTÁRIO, PALAVRAS DO SENHOR GUERRA-PEIXE:
Blogger Guerra-Peixe disse...

seria possível o Mestre Anônimo citar as trapalhadas? Onde estão os erros? O que foi combinado e agora alterado?

CITAREI SIM AS TRAPALHADAS:
A MANEIRA COMO VOCE TRATA ATLETAS E PESSOAS DO MEIO, SO DIGO UMA COISA VOCE É APENAS TECNICO E NAO DONO DO MUNDO, DE EXEMPLOS!!

ONDE ESTÃO OS ERROS?
COMO É QUE UM CLUBE PARTICIPA DE UMA FASE DE CIRCUITO NACIONAL SEM MESMO SER FILIADO, ATLETAS SEM TRANSFERENCIA JOGANDO NORMALMENTE E DEPOIS QUENDO SE NOTÃO OS ERROS VÃO LÁ E PUNEM OS CLUBES E NAO OS JOGADORES POR SEREM INCLUIDOS NESTA PANELINHA.

O QUE FOI COMBINADO E FOI ALTERADO?

FOI COMBINADO DE TERMOS UM TECNICO DE SELEÇÃO HUMILDE QUE SAIBA TRATAR BEM OS OUTROS E NAO FICAR EM SEU BLOG METENDO O PAU EM ALGUNS CLUBES, REPITO VOCE E ALGUNS ARBITROZINHOS E DIRETORES ACHAM QUE MANDAM NO BRASIL, A SUA IMAGEM NA COPA QUE HOUVE EM JOAO PESSOA PÉRANTE ATLETAS DE BASE FICOU HORRIVEL E MARCADA, ROLANDO NA INTERNET.