domingo, 4 de abril de 2010

Proposta para Competição Sub 20

Precisamos com urgência promover uma competição nacional sub 20 de Handebol de Areia. Protelamos ao máximo essa iniciativa, mas estamos pressionados por uma massa de jogadores que pouca oportunidade tem de jogar na categoria adulta. Caso não tomemos uma decisão, assistiremos ao envelhecimento das equipes, ficando comprometida a renovação de jogadores.
Não é possível assistirmos a transformação da modalidade em apenas um local de fuga de velhos jogadores cansados da quadra. Queremos que todos joguem. Todos são bem-vindos. Porém, precisamos pensar no futuro e nos prepararmos para competições internacionais, que a qualquer momento chegarão.
Proponho que a primeira competição seja por convite aos estados. Cada federação indicaria o seu representante. O número máximo de participantes seria de 8 equipes. O regulamento seria o mesmo da categoria adulta no que concerne o número de atletas, dirigentes, uniformes e etc... Poderíamos fazer um primeiro masculino e no próximo ano feminino.
Aguardo sugestões para podermos encaminhar à direção nacional do handebol de areia.
Forte abraço!

9 comentários:

PROFESSOR DANILO disse...

Caro professor Guerra!!!
Sempre acompanho este blog assim como alguns outros ligados a modalidade, apesar de não me expressar com tanta frenquencia, procuro sempre estar informado sobre o que acontece e como podemos contribuir com a modalidade.
Acredito que um sub 18 talvez fosse mais mais interessante, pois a proposta é para daqui a alguns anos ou seja projetar o futuro, creio que 20 anos os atletas já estejam muito proximo de atingir sua maxima capacidade, 18 anos por outro lado ainda pode ser trabalhado da forma necessaria.
Penso também que se deixarmos apenas para as federação estuduais indicarem seus representantes se formarão seleções de cada estado coisa que acredito não ser a melhor forma, talvez uma competição estadual para definir uma equipe fosse mais adequado. Proponho tbm a idéia de que as federações pudessem solicitar sediar a fase final... E não como acorre hoje que são as proprias cidades interessadas que se candidatam, creio que dessa forma conseguissemos até que a competição tanto no naipe masc, como no fem fossem sediadas no msm local... Ou se não fosse possível talvez fazer como no adulto msm uma fase final em cada estado, para quem se propusesse sediar. Sei que hoje em dia mal estamos conseguindo realizar a fase final do camp bras de beach handball adulto como se deveria, mas fica a idéia.
De qlqr forma resgato tbm aquela proposta dos cursos ténicos, talvez com um campeonato sub 18 fosse uma otima hora de iniciar a proposta de nivelamento tecnico outrora apresentada neste blog. Isto tbm é uma projeção para o futuro.
Um grande abraço mestre!

Ted Boy disse...

Bom dia a todos!


Seria sensacional, ainda mais se conseguissemos fazer uma seleção estadual , pois existem equipes adultas que possem jogadores sub 20 e não possuem jogadores suficientes para uma equipe,teriam um teste mais justo jogando com o pessoal de sua idade, e sendo seleção estadual as federações poderiam dar um apoio maior.
Grande abraço!

Rio Handbeach disse...

Amigos,

Já está mais que na hora de promovermos campeonatos nas categorias de base de nível nacional.

Acho que a ideia do Brasileiro de Seleções Estaduais é a melhor saída. Por vários motivos, mas o principal é que qualquer seleção estadual motiva ainda mais os jogadores a correrem atrás de vaga.

Há muitos jogadores de pouca idade jogando nos circuitos adultos. Esses jogadores têm pouca chance de brilhar na categoria livre. Na categoria de sua idade têm mais chance de se destacarem, de estar numa seleção de "novo", ou "júnior.

A Europa já realiza um Europeu de seleções sub19. Acredito que em pouco tempo teremos o inicio de disputas internacionais para a categoria e temos que ter essa garotada jogando.

Se o campeonato será sub18, sub19 ou sub20 acho que só saberemos o formato ideal no futuro. Mas temos que começar!

Excelente lembrança do Danilo sobre os cursos. Seria perfeito juntarmos um Brasileiro sub20, com um curso de formação de professores. Os jogos seriam durante o dia e o curso, algumas horas a noite!

Grande abraço
Marico Magliano

Alexandre Gomes de Almeida disse...

É isso ai Guerra!
Gosto muito da idéia e acredito ser uma ação que vai dar cara nova ao handebol de areia brasileiro.
Se necessitamos formar seleções para competições internacionais, podemos começar sim com a categoria sub 20, mas se o principal objetivo é ter jogadores de beach formados na areia, poderiamos começar com a categoria sub 18. De qualquer forma, uma competição de uma outra categoria que não seja adulta deverá estar associada a possibilidade de convocação pra uma seleção nacional da categoria em questão para motivar a participação e comprometimento dos participantes.
No primeiro momento o melhor caminho pode ser um Campeonato Brasileiro de Seleções, pois acredito que deverá dar oportunidade pra mais atletas. Dessa forma, cada federação terá que criar meios para a formação de sua seleção estadual. Indicar uma equipe acabaria sendo uma forma de excluir alguns jogadores... Temos que lembrar também que nem todos Estados tem seus campeonatos de handebol de areia para definir uma equipe representativa. Passando a tarefa de montar uma seleção acaba dando, em alguns Estados, a primeira oportunidade de particpar de uma competição nacional de handebol de areia.
Grande abraço a todos!

Camila disse...

Uma seleção sub-20 seria altamente motivadora para os atletas dessa idade que, do contrário, tiram seu estímulo de promessa de longo prazo, tentando se fixar em uma evolução e um resultado em nível de seleção quando alcançarem por volta de seus 25 anos. Essa perspectiva longíqua pode desanimar muitos que se enxergam trabalhando com essa idade e sem tempo para dedicar-se à modalidade. A participação em seleções de categorias de base poderia estimular esses atletas a se manterem ativos, mesmo diante das demandas do dia-a-dia, como faculdade, estágios, trabalho, etc.
O que podemos fazer para ajudar a realizar essa idéia?

PROFESSOR DANILO disse...

Me ocorreu tbm que na Espanha as etapas campeonato nacional são feitas em locais fixos. de repente podería ser feita a fase final em um local fixo indepedente de estado, mas sempre na msma data assim as equipes se programariam com antecedencia para a competição e isso facilitaria tbm um possivel investidor do evento, pois mtas vezes o publico daquela determinada empresa é daquela região especifica.

htr disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
htr disse...

É vital para manter o beach brasileiro no topo lá na frente. Seria ótimo termos essa competição e mais pra frente, claro, analisarmos fazer também em categorias menores atraindo cada vez mais a atenção para a modalidade.
No primeiro momento seria ótimo uma competição entre estados, fator de muita motivação para os atletas de menor idade. Pois sabemos das dificuldades das equipes que possuem pouco apoio ou nulo, isso motivaria demais as equipes e atletas.

Luiz Carlos(Piauí) disse...

Meu amigo Guerra, não vejo outra saída para nosso Esporte, cada dia que passa, mais procurado por nossos jovens(homens e mulheres). Todas as questões levantadas até agora aqui tem que ser levadas em consideração, acredito que daría um belo seminário sobre esse tema(rs,rs,rs). Quando se trata de Seleções Estaduais e/ou Nacionais(viagens e indicações), temos de pensar na vaidade de muitos em detrimento do crescimento da modalidade, falo isso no caso das Federações terem que indicar treinadores e esses convocarem suas equipes. Sempre teremos divergências, insatisfações e injustiças("é normal").
Como já foi mencionado aqui, acho que uma maneira de se amenizar esses conflitos, seria uma seletiva em cada Estado onde sairia o treinador campeão ou esse indicaria um outro, caso ele não pudesse assumir suas funções de técnico da seleção de seu Estado(a Federação teria que dar suporte à esse treinador e a equipe convocada. Quanto a idade, acho que até sub-21 atenderia às necessidades de muitas equipes e muitos Estados que ficam de fora das competições por não terem clubes e equipes somente adultas(temos que mesclar com juvenil e júnior)atuantes no Handebol de Areia(é jogado por Escolas e a longo prazo esses garotos poderíam servir a Seleção em competições próximas), como é o caso de meu Estado, Piauí. Como primeiro passo pra se trabalhar categorias de base, acho muito válido sua idéia e queria parabenizá-lo por isso e pela abertura nas discussões. Grande abraço! seu amigo, Luiz Carlos.